Atividade física e gestação

exercicio-na-gravidezAtividade física na gestação pode ser super saudável, além do controle de peso, melhora a postura e as condições cardio circulatórias alivia a tensão e também previne a diabete gestacional. Porém existem contraindicações nos casos em que a gestante tenha alguma patologia, sangramentos, hipertensão e outros, portanto é sempre bom consultar um médico.

Depois da liberação do médico os exercícios podem começar a partir do primeiro trimestre, as modalidades devem ser as de baixo impacto como: caminhada, hidroginástica, ioga e pilates. Atenção, algumas atividades devem ser evitadas como os esportes de contato, por exemplo: futebol e vôlei devido ao risco de choques. Andar de bicicleta, patins, a cavalo e mergulho também devem ser evitados.

Existem algumas recomendações básicas para a prática de exercícios, mas vale a pena destacar que são: usar roupas leves e confortáveis, usar calçados adequados, alimentar-se corretamente e tomar bastante líquido antes e depois dos exercícios, mas fique atenta para qualquer desconforto ou alteração, nesse caso suspenda a atividade e consulte o médico.

Conheça algumas das atividades indicadas:

Hidroginástica

Uma das atividades mais recomendadas pelos médicos e traz benefícios principalmente no final da gravidez, pois ajuda a aliviar o inchaço nas pernas e pode contribuir com o alívio das dores na hora do parto.

Caminhada

É uma atividade simples também muito recomendada por médicos e não requer muito esforço. Pode ser realizada ao ar livre ou em esteiras e o ideal é meia hora por dia.

Musculação

Poderá ser adotada durante a gravidez principalmente se a mulher já era adepta antes da gestação, mas não se esqueça de consultar o seu médico, nem todos recomendam e é uma atividade que deverá ser adaptada para cada gestante de forma personalizada.

Alongamento

O alongamento é bem agradável para as gestantes além de aumentar a flexibilidade e relaxar ajuda na agilidade e elasticidade do corpo prevenindo lesões.

Ioga

Esta prática também ajuda na flexibilidade e ainda tonifica os músculos melhorando o equilíbrio e a circulação. A ioga trabalha com técnicas de respiração e relaxamento que podem ser úteis na hora do parto e também no alívio do estresse.